Menu principal
 

Conselho científico

O Conselho Científico é um órgão consultivo da Editora Universitária do IFC, constituído pelos consultores convidados pela EDU-IFC para avaliarem obras propostas para publicação.

Compõem o Conselho Científico representantes de cada grande área do conhecimento, com experiência comprovada pelo currículo cadastrado na Plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na área em que representa.

Os representantes de área do Conselho Científico poderão ser indicados pelo membro representante da respectiva área do Conselho Editorial.

O exercício da função de membro do Conselho Científico será considerado como atividade voluntária, tendo o conselheiro o direito de receber a respectiva certificação.

O exercício da função de conselheiro do Conselho Científico será considerado como atividade voluntária do servidor, sendo contabilizada em sua carga horária de trabalho e que deverá representar o máximo de 02 (duas) horas semanais no caso de docente do IFC.

O membro do Conselho Científico não poderá participar como editor-chefe, de seção ou equivalente em nenhum dos periódicos homologados, ou que esteja pleiteando homologação pela EDU-IFC.

O membro do Conselho Científico não poderá participar como líder de grupo de pesquisa certificado, ou que esteja pleiteando certificação pela PROPI do IFC.

As avaliações deverão ser realizadas por pelo menos 3 (três) membros do Conselho Científico da área que o projeto ou publicação esteja vinculada, os quais deverão informar o aceite.

Compete aos membros do Conselho Científico:

I. Avaliar as propostas de publicações de obras, conforme critérios estabelecidos pelo Conselho Editorial;

II. Emitir parecer sobre proposta de obras apresentadas para publicação, dentro do prazo estabelecido.

O conselheiro científico poderá, se necessário, recorrer a outro consultor, pertencente, ou não, ao Conselho Científico, permanecendo sob sua responsabilidade a entrega da obra com o devido parecer no prazo acordado.

No caso de obras com temas multidisciplinares, essas deverão ser avaliadas por mais consultores. Desta forma, deverão ser analisados em conjunto todos os pareceres, sendo a média aritmética das pontuações encaminhadas ao Conselho Editorial.

No caso de impedimento ou suspeição por parte do membro do Conselho Científico designado para realizar a avaliação, esse deverá comunicar imediatamente ao Conselho Editorial, a fim de que a obra seja encaminhada a outro avaliador.

Perderá o mandato de conselheiro científico aquele que:

I. Deixar de realizar duas avaliações consecutivas, sem motivo justificado;

II. Deixar de emitir dois pareceres consecutivos, sem motivo justificado;

III. Deixar de realizar três avaliações intercaladas durante o período de um ano, sem motivo justificado;

IV. Deixar de emitir três pareceres intercalados durante o período de um ano, sem motivo justificado;

V. Se afastar de suas atividades regulares no IFC, no caso de compor o quadro funcional o IFC;

Vir a se tornar editor-chefe, de seção ou equivalente em um dos periódicos homologados, ou que esteja pleiteando homologação pela EDU-IFC;

Vir a se tornar líder de grupo de pesquisa certificado, ou que esteja pleiteando certificação junto a Pró-Reitoria de Pesquisa do IFC.

Informações baseadas no Regimento da Editora Universitária do Instituto Federal Catarinense (EDU-IFC), localizado aqui.

Integrantes do conselho*:

Cleoni Fernades
Representante da PUC-RS

Maria Isabel Cunha
Representante da UFPel

Ruth Pavan
Representante da UDCB

Elisa Lucarelli
Representante da Universidade de Buenos Aires

Raul Borges Gumarães
Representante da UNESP

Renata Junqueira de Souza
Representante da UNESP

Reinaldo Fleuri
Representante da UFSC

Coordenador da Editora: Eduardo Augusto Werneck Ribeiro

Instituto Federal Catarinense

Setor de Administração: Kátia Linhaus de Oliveira

Instituto Federal Catarinense

 

* Baseado na portaria nº 1.119/2017, de 26 de abril de 2017. Localizada aqui.